Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Memory board no home office – Como usar na sua organização

Em tempos de home office, tudo que for para nos ajudar com a organização das tarefas é bem-vindo. Dentro do ambiente de casa as distrações podem ser muitas, dificultando até a concentração na hora de realizar um trabalho que exija atenção e foco. O memory board ou mural grid é um recurso de decoração que auxilia na hora de construir uma linha de pensamentos através de imagens. É ideal para colocar no espaço de trabalho em casa, e além de ajudar, confere um visual moderno e criativo ao ambiente.

Na arquitetura e no designer é muito utilizado o moodboard na qual o conceito é o mesmo, porém montagens digitais ou físicas que funcionam como norte para a criação e decoração do ambiente. Nele pode conter a paleta de cores, principais objetos, texturas e outras imagens que auxilie no processo. Já o memory board pode ser em formato de grid, painel magnético ou cortiça. E a ideia é imprimir suas principais referências de imagens e prendê-las. Para combinar com o restante da decoração, basta seguir o estilo do espaço.Em tempos de home office, tudo que for para nos ajudar com a organização das tarefas é bem-vindo. Dentro do ambiente de casa as distrações podem ser muitas, dificultando até a concentração na hora de realizar um trabalho que exija atenção e foco. O memory board ou mural grid é um recurso de decoração que auxilia na hora de construir uma linha de pensamentos através de imagens. É ideal para colocar no espaço de trabalho em casa, e além de ajudar, confere um visual moderno e criativo ao ambiente.

Na arquitetura e no designer é muito utilizado o moodboard na qual o conceito é o mesmo, porém montagens digitais ou físicas que funcionam como norte para a criação e decoração do ambiente. Nele pode conter a paleta de cores, principais objetos, texturas e outras imagens que auxilie no processo. Já o memory board pode ser em formato de grid, painel magnético ou cortiça. E a ideia é imprimir suas principais referências de imagens e prendê-las. Para combinar com o restante da decoração, basta seguir o estilo do espaço.

Exemplo de moodboard na arquitetura

Memory board no Home Office

As imagens podem seguir várias linhas de pensamentos, desde os objetivos principais do seu negócio, até trabalhos pontuais para auxiliar no processo criativo. Além das imagens, ele acaba funcionando como apoio para alguns objetos do escritório e adornos decorativos. 

Memory board na cozinha

Curtiu a ideia do memory board no home office? Que tal levar o grid para a cozinha também? Nesse caso ele pode servir como suporte para receitas, lembretes e até mesmo os artigos de cozinha. Cirando uma composição nada óbvia e repleta de estilo. Com auxílio de ganchos, ele funciona muito bem para pendurar acessórios, como xícaras, colheres e conchas, receitas, colocar pequenas prateleiras para temperos, entre muitas outras opções que sua criatividade permitir.

Gostou? Confira 3 dicas para começar a criar hoje mesmo a criar o seu memory board.

1) Inspire-se e busque referências em revistas e sites. A construção de um memory board também é um processo criativo, é normal acontecer mudanças ao longo da pesquisa.

2) Escolha um ponto de partida para te ajudar no seu projeto. Essa decisão vai guiar as escolhas das outras imagens sejam elas através de cores, materiais ou objetos.

3) Estruture sua ideia. Escolha as imagens e elementos que melhor expressam a atmosfera do seu projeto. Perceba as emoções ou sensações eles são capazes de transmitir ao serem visualizados em conjunto com o painel.

E então, você gostou do estilo memory board? Para mais dicas de decoração e estilo de vida, siga o Facebook da Construtora Adriática.  

Rolar para cima